As aventuras de Joaquim e Eduardo narra a trajetória de dois amigos de 11 anos de idade que vivem se metendo em encrencas, geralmente causadas por Joaquim, o mais impetuoso da dupla. Cabe a Eduardo a tarefa de bolar planos para salvá-los das confusões, e não pensem que são poucas!
Os invasores de Marte é a primeira parte dessa saga, que se inicia em 1969, em pleno regime militar.
Joaquim está convencido que os marcianos preparam uma invasão à Terra. 
Todas as pistas levam a essa conclusão, pelo menos é o que ele acredita. 
Resta agora convencer Eduardo e o resto da sua turma de amigos da escola a desmascarar o plano maligno dos invasores.
Mas não pensem que vai ser fácil. Na busca de provas da presença dos alienígenas em nosso planeta, os garotos vão se deparar com inimigos inescrupulosos e traiçoeiros. O pior de todos: o sargento Gomes, a violência personificada, o representante da repressão dos anos da ditadura, disposto a fazer de tudo para capturar os dois pequenos heróis, que ele rotula como terroristas perigosos.
Mas, o tolo sargento e seus comandados não sabem que, mesmo sendo crianças, os meninos não vão dar moleza e usarão de toda a sua criatividade, molecagem e armas secretas para dar a volta por cima e vencer o inimigo.
No meio da turbulência dessa época, Joaquim, Eduardo e seus amigos Carlos, Bruno e Eloy, vivem os últimos anos de sua infância, cercados de amizade, fantasia e muita aventura.

 

 
     
     

 

 

 

 

 

(C) Michael Ruman